Gravidez em relação homoafetiva: No casal feminino

Para as futuras mamães, existem dois procedimentos possíveis: fertilização in vitro e inseminação artificial, em ambos os casos é necessário a escolha de um doador de sêmen.
As duas parceiras podem participar ativamente do processo de gravidez, sendo uma a doadora do óvulo e a outra gestando a criança.
Um conhecido não pode ser quem desempenhará o papel de doador, mesmo que seja um parente, afinal, no Brasil tal prática não é permitida. Por conta disso, o casal feminino precisa selecionar um doador no Banco de Sêmen, nacional ou internacional. Os bancos brasileiros dispõem de algumas informações para tranquilizar as mamães, como biótipo, peso, altura e hobbies do doador.
Por ser um processo de grande valor social, qualquer homem com idade entre 18 a 45 anos, pode doar sêmen para os bancos. O doador não pode ter casos de doenças genéticas ou congênitas na família.
Uma tranquilidade tanto para o casal quanto para o doador é o anonimato, garantido por determinação da Anvisa e do Conselho Federal de Medicina, onde nenhuma identidade será revelada.

FALE CONOSCO

Entraremos em contato o mais breve possível.

Enviando

©2018 Desenvolvido por Agente 2741

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?