Espinha bífida: feto passa por cirurgia pioneira ainda no útero para ‘reparar’ sua coluna

Foto: Divulgação

Bethan Simpson foi submetida a operação na 24ª semana de gestação para tratar malformação que pode afetar mobilidade e funcionamento do intestino e bexiga, diagnosticada em quatro a cada 10 mil gestações.
Bethan e o marido Keiron foram aconselhados a interromper a gravidez depois que a condição foi indentificada.
O feto passou por cirurgia pioneira para reparar uma malformação em sua coluna enquanto ainda estava no útero.
O procedimento foi realizado no Reino Unido após ser identificado na 20ª semana da gestação que a bebê Eloise tinha espinha bífida, um defeito congênito que causa o fechamento incompleto da coluna do bebê.
Geralmente, é tratada após o nascimento, mas o quanto antes ela é tratada com cirurgia corretiva, maiores são as perspectivas de boa saúde e mobilidade.

Fonte: BBC

FALE CONOSCO

Entraremos em contato o mais breve possível.

Enviando

©2019 Desenvolvido por Agente 2741

× Olá, posso ajudar ?

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?