Como é feito o exame de curva glicêmica em gestante

O exame da curva glicêmica, também chamado de teste oral de tolerância à glicose, ou TOTG, serve para verificar a quantidade de açúcar no sangue, após a ingestão de um líquido açucarado, chamado de glicose, preparado especialmente para o exame. Este teste é, frequentemente, feito na gestante, por volta do sexto mês de gestação, pois, durante a gravidez, é comum surgir aumento dos níveis de glicose sanguínea.
O resultado é medido 1, 2 e até 3 horas após ingestão de 75g de glicose, e irá mostrar se a paciente tem ou está em risco para desenvolver diabetes mellitus, diabetes gestacional ou hipoglicemia.
Este exame é feito para simular como ficam os níveis de açúcar no sangue após a alimentação, e avaliar como estes níveis se comportam após algumas horas. A realização do teste segue as seguintes etapas:
É feita uma coleta de sangue em jejum;
Bebe-se um líquido açucarado, que, no caso do adulto, contém 75g de glicose e, na criança, contém 1,75g por cada quilo de peso;
Após 1 e 2 horas, são retiradas pequenas quantidades de sangue, que são, em seguida, avaliadas no laboratório.
Além disto, recomenda-se que o exame seja feito em jejum de 8 até 12 horas. E, durante o exame, não se deve comer, fumar e nem realizar esforço físico, porém a ingestão de água está liberada. Pode ocorrer da gestante sentir algum enjoo ou desconforto ao ingerir o líquido.

FALE CONOSCO

Entraremos em contato o mais breve possível.

Enviando

©2018 Desenvolvido por Agente 2741

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?