Cigarro e infertilidade

O cigarro é um conhecido causador de problemas de saúde. E quando se trata das mulheres, as consequências são ainda mais graves.

O tabagismo é um perigo à fertilidade, pois associa-se ao envelhecimento prematuro do sistema reprodutivo, o que interfere no desenvolvimento embrionário e, consequentemente, reduz a taxa de gravidez.

Para as mulheres que têm o sonho da maternidade, o recomendado é uma terapia orientada por um médico, além da mudança de estilo de vida, adoção de hábitos alimentares saudáveis, prática de exercícios físicos e, acima de tudo, abandono do vício.

Uma recente pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) revelou que mulheres que fumam e não fazem uso de métodos contraceptivos hormonais apresentam uma redução de 75% para 57% na taxa de fertilidade, duas vezes mais possibilidade de atrasos durante o processo de concepção e 30% mais chances de serem totalmente inférteis.
Quer saber mais acesse o site www.drapaulaoshiro.com.br

FALE CONOSCO

Entraremos em contato o mais breve possível.

Enviando

©2020 Desenvolvido por Agente 2741

× Olá, posso ajudar ?

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?